Dexter, o hamster

Dex1

Sou uma apaixonada por animais. Sempre tive gato, cachorro e até uma galinha, quando era criança. E sempre pensei em ter um pet quando tivesse minha filha. Queria que ela crescesse e tivesse as mesmas experiências maravilhosas que tive com animais que eu tive.

O fato é que depois que me mudei para Londrina, por trabalhar o dia todo, ter criança pequena em casa, morar em apartamento pequeno, não ter tempo e vários outros fatores, nunca mais tive um animal de estimação. Até o dia 1º de agosto, quando  meu marido chegou em casa com um hamster de presente para nossa filha de 4 anos! Gente, nunca tinha pensado em  ter um hamster! Não sabia nem por onde começar.

Primeiramente, não fui consultada sobre isso, foi uma surpresa. E nem ele pensou nas consequências de trazer um animal tão sensível para ser o pet de uma criança. Nos primeiros dias foi muito difícil fazer a minha filha entender que ele era pequeno, que tinha que tomar cuidado, que ele era um ser vivo e ela poderia machucá-lo. Hoje a convivência está bem tranquila. Ela não o pega sem que eu esteja por perto pra ajudar. Depois de tomar algumas mordidas, ficou meio receosa e confesso que foi melhor assim.

Pesquisei muito na internet sobre como cuidar de um bichinho tão pequeno, e tão desconhecido para mim. e encontrei o melhor site para isso, o Lovely Hamster. Me ajudou muito e ainda ajuda.

“Não ponha a vida do seu animal em risco, procure ler, aprender, pesquise, aumente o seu conhecimento a respeito desses animais.” – Lovely Hamster

Vi que não é tão simples assim de cuidar dele, pois existem muitos cuidados que temos que ter. Todo animal exige cuidado, né?

Dex2

Ele é um anão russo, pequenininho. Cabe na palma da minha mão.

O nome Dexter, veio pela paixão por seriados. Na verdade tentamos vários nomes dos protagonistas das nossas séries preferidas, mas como a minha filha tinha que concordar, ela aceitou o Dexter.

Para resumir um pouco os cuidados com o hamster, pois são muitos, fica para outro post:

• Eles são animais territorialistas, devem viver sozinhos. Se deseja ter mais de um hamster, deve ter um em cada gaiola. Se tiver eles juntos, além de procriarem, eles vão brigar tanto até se matar;

• Não dê comida de humano para o seu hamster, procure a comida adequada para ele, como ração extrusada, mix de sementes (sem milho) e frutas e legumes permitidos;

• Não dê banho no seu hamster. Eles se limpam sozinhos e a higiene da gaiola de maneira correta não deixa o hamster cheirar mal.

• Cuidado com o que você coloca dentro da gaiola dele, pois ele rói tudo e pode morrer se ingerir plástico, tecido, etc. O ideal é colocar um tubinho de papel higiênico, pois ele vai se divertir e ele faz a digestão do papel sem problema. Pó de banho também não é permitido.

Dex3

 

Tem muita coisa para falar desse bichinho tão fofo! Mas fica para um próximo post.

E você? Ficou com dúvida? Pode me perguntar, terei o maior prazer em te responder!

Anúncios

19 comentários sobre “Dexter, o hamster

  1. Que liiiiindo!
    Eu já tive um igual, se chamava Kakoii! Ele viveu mais ou menos 1 ano e foi muito triste a forma como ele morreu. Ele sempre ficava num lugar que não pegava sol, só que, quando o verão chegou, eu coloquei ele em outra parte que não tinha sol, só que o sol apareceu do nada e ele morreu. Tem que cuidar muito com calor e com frio, eles são muito sensíveis! :/
    Beijos!

    http://www.mayameirelles.wordpress.com

    Curtir

    • Nossa, Mayã. Que dó. 😥
      Pois é, já sei que ele vivem pouco. Acho q a parte mais difícil é saber que um dia isso vai acontecer.
      Aqui em Londrina é muito quente, já coloquei uma xícara de porcelana pra ele se refrescar.
      Beijão!

      Curtir

  2. Que fofinho! Amei o nome!
    Eu tive uma família inteira de hamsters quando era criança/adolescente. Foram 23 no total.
    Ganhei minha primeira hamster quando tinha 10 anos de idade e cuidava dela praticamente sozinha. Mas como sua filha é muito pequena, concordo que ela só pegue o Dexter quando você estiver por perto. É raro eles morderem, mas quando mordem dói pra caramba!
    São bichinhos bem sensíveis, até por serem pequeninos, mas são adoráveis, acho que você vai amar conviver com ele!
    Vendo as fotos deu muita saudade dos meus!
    Beijo

    Curtir

    • Caramba, Anne!
      23?
      Eles procriam muito rápido, né?
      Poxa, a mordida dói mesmo! Eu mesma já tomei umas 2, mas agora já peguei a manha dele! HAHAHAHHA
      Adoro ele, e percebo q ele gosta muito de mim. Gosta de se esconder debaixo dos meus cabelos quando o pego para brincar.
      Beijos!

      Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s